sábado, 17 de novembro de 2012

Nada pode calar um adorador (Eyshila)

Adorador é tudo o que eu sou
Adorador, assim Deus me formou
E quem poderá calar a voz de um coração?

Se eu subir aos céus, eu sei que lá estás
Se eu mergulhar no mais profundo mar
Nunca poderei me ausentar do Teu olhar

Tu és o Deus que me sondas
Tu és o Deus que me vês
Não tenho todas as respostas
Mas de uma coisa sei
Por toda a minha vida Te adorarei!

Adorar é o que sei
Adorar é o que sou
Nada pode calar um adorador!

Não existem prisões
Que contenham a voz de quem te adora, oh, Senhor!

Se eu vencer (Te adoro)
Se eu perder (Te adoro)
Se eu subir (Te adoro)
Se eu descer...

Te adorar é o meu prazer
Minha força vem do Senhor
Nada pode calar um adorador!

Adorar é o que sei
Adorar é o que sou
Nada pode calar um adorador!

Não existem prisões
Que contenham a voz de quem Te quem Te adora, oh, Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário